Variações do Samba de Roda:

O Samba Corrido

Dinheiro novo/O pai da moça/Mandei chamar - Filhos da Terra
00:00 / 00:00

Samba de Roda Filhos da Terra - Terra Nova

Uma primeira característica dessa modalidade do Samba de Roda está no fato de canto e dança ocorrerem simultaneamente.

 

Diferentemente do que ocorre no Samba Chula, cujas regras são bastante determinadas e, de certo modo, rígidas, no Samba Corrido todos dançam. Além disso, várias pessoas dançam ao mesmo tempo.

 

O Samba Corrido é “mais livre”, como alguns de nossos entrevistados definiram. Ou, mais especificamente, como Mestre Celino definiu: a alegria reina, de modo que todo mundo “quer dançar, com medo de acabar o samba”.

Também é típico do Samba Corrido o andamento mais rápido do samba. Samba-se mais rápido. A “alegria” identificada por Mestre Celino, nesse sentido, está relacionada até mesmo com a rapidez da música, do ritmo, da dança. Existe uma efusividade presente no ambiente.


Fernando de São Braz, o "Nando", fundador do grupo Samba Chula de São Braz, juntamente com o sambador Agnaldo Nascimento, dá um exemplo de Samba Corrido:

É comum, inclusive, que o Samba Corrido encerre as festas.

Samba de Roda em um Caruru de São Cosme

O canto e a dança do Samba Corrido também têm suas peculiaridades. Há o canto principal (a "chula") e o canto responsorial – diferentemente do Samba Chula, que apresenta a chula e o relativo –, enquanto que a dança não se limita aos pés. Por ser “mais livre”, o estilo de cada sambadeira se faz mais presente, inclusive com maior presença de movimentos de ombros.

Próximo link:

O Samba Chula

©FabianaDeLazzari.  Site desenvolvido por Kaza Véia Produções Artísticas. By FPDL.