Edith do Prato

Edith Oliveira Nogueira nasceu na cidade de Santo Amaro da Purificação, em 1916, e faleceu em Salvador, em 8 de janeiro de 2009. Mas ninguém a conhecia por esse nome-e-sobrenome. Para seus vizinhos, amigos, parentes, e para o mundo, ela era Dona Edith do Prato.

Edith do Prato - fonte folha de SPaulo 1

Dona Edith do Prato iniciou sua vida artística no início da década de 1970, em Feira de Santana (BA), em um grupo de teatro amador (o jornalista Luís Pimentel convidou os cantores e compositores César e Roberto Mendes para participarem do espetáculo; estes convidaram Edith). Porém sua vida no Samba de Roda, na percussão do Samba de Roda do Recôncavo Baiano começou muito antes:

Toda a vida, fui louca por samba. Fugia escondida de meu pai, pra espiar o samba. Eu ficava raspando uma cuia de queijo, mas não acertava nada. Um dia, com uma faca e um prato de doce, peguei o ritmo. Ficou Edith afamada por isso e, todo caruru, festa de aniversário, me chamavam pra tocar, mas ninguém me ensinou.

Sua relação com a família Velloso, também natural de Santo Amaro da Purificação, era bastante próxima. Rodrigo Velloso explica essa relação:

 

 

Foram Caetano Velloso e Maria Bethânia, nessa ordem, que apresentaram Dona Edith do Prato ao grande público. 


Em 1973, Caetano a convidou para fazer uma participação especial no disco Araçá azul, interpretando o samba de roda “Viola meu bem”.

Dez anos depois, em 1983, Dona Edith do prato cantou no disco Ciclo, de Maria Bethânia, a canção “Filosofia pura”.

Já em 2002, Dona Edith gravou o CD Vozes da Purificação. O título do trabalho faz menção ao grupo de oito cantoras (à época septuagenárias) de Santo Amaro que faziam o coro, nas faixas. O trabalho teve também a participação de Maria Bethânia (“Quem pode mais”, “Dona da casa” e “Eu vim aqui”), de Caetano Veloso (“Minha senhora”) e do sambista Roque Ferreira (“Ariri vaqueiro”).

Edith do Prato, Caetano  e Rodrigo Velloso em Santo Amaro

(O cinema falado)

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

deezer.jpg