Dona Chica do Pandeiro

Apolinária das Virgens Oliveira, a Mestra Dona Chica do Pandeiro, nasceu em 10 de janeiro 1949, na comunidade da Matinha, distrito de Feira de Santana.


Desde os dez anos de idade, a pequena Apolinária trabalhou na roça, para ajudar os pais. Torrava farinha, capinava mandioca, lidava com a plantação de feijão.


Também desde cedo esteve ligada às tradições do Samba de Roda:

“Entrei pra sambar com idade de 12 anos, junto com meu pai, que era sambador, cantador de reis, corria leilão, fazia testamento de judas, cantava reis, fazia samba de roda também.”


Crescida, casou-se com Marcos Gonçalves de Souza, o Coleirinho da Bahia, fundador do grupo de Samba de Roda “Quixabeira da Matinha”. Dona Chica tornou-se pandeirista do grupo, após a morte de Coleirinho.


Atualmente Dona Chica integra a equipe do projeto “Da quixaba a quixabeira”, como mestra e ministrante da oficina de Samba de Roda.

©FabianaDeLazzari.  Site desenvolvido por Kaza Véia Produções Artísticas. By FPDL.