Deixo aqui expressa minha enorme gratidão às várias pessoas que auxiliaram, cada uma a seu modo, para a existência do livro, do site, dos filmes.

AGRADECIMENTOS

Aos entrevistados Agnaldo, Alex, Mestre Celino, Diego, Dona Dalva, Fabiana, Francisca, Francisco, João do Boi, Kleber, Nando, Patrícia, Pina, Rodrigo, Wilson, Xavier. Há um agradecimento a eles no corpo do trabalho, mas nunca é demais explicitar o quanto sou grata à generosidade de cada um deles.

Aos Sambadores e às Sambadeiras do Grupo Filhos da Terra (Mestre Celino, Alex, Seu Chicona, Seu Chiquito, Creuza, Criola, Elisângela, Lene, Dona Maria, Dona Marieta, Pina, Dona Roxa, Sônia, Tavinho, Tuninho), que aparecem no filme longa-metragem e nos vídeos (livro e site).

 

Ao Jeroen Verheul, o Rouxinol, que se dispôs a ser entrevistado, porém nossas agendas e a geografia impediram que o encontro ocorresse.

 

Ao Cristiano Almeida, que me enviou vários áudios de samba de roda, incluindo a preciosidade “O Jiló”, de Dona Dalva.

 

Ao Fábio Gondo, que desde o início do projeto ajudou intensamente (mais que ajudou, decidiu!) nos problemas relativos à tecnologia.

 

Ao Wilton Yoshizava, que me ensinou vários e vários truques no InDesign, sempre com extrema delicadeza e competência.

Ao Fernando Fadigas, que deu apoio técnico fundamental à apresentação do trabalho, na Universidade de Lisboa.

 

À banda Atabasabar, que aparece no livro e no site, por me mostrar o original uso dos atabaques, com o sabar.

 

À Thaly, ao Augusto, ao Moacyr e a todos os animadores de sua equipe. Que lindo trabalho!

 

Ao maestro e cineasta Kleber Mazziero, que participou tão ativamente de todo o processo, que bem poderia assinar comigo o trabalho inteiro.

 

À Patrícia Gouveia, que confiou em mim de um modo emocionante. Como confiar assim, cegamente, em uma candidata ao pós-doutorado sem sequer a conhecer? Pois ela fez isso, e muito mais, durante a execução do trabalho e após o seu término.

 

Ao Colégio Bandeirantes – em especial à Susana Hungaro, ao Eduardo Tambor, ao Emerson Pereira e ao Diretor-Presidente Mauro Aguiar –, casa pela qual tenho um carinho único: ali me criei como aluna, ali me realizo como professora. Obrigada ao Band por tudo, inclusive por sempre depositar confiança em minhas incursões acadêmicas.

Link anterior:

Referências

©FabianaDeLazzari.  Site desenvolvido por Kaza Véia Produções Artísticas. By FPDL.